PARALISIA CEREBRAL, UM TABU A SER QUEBRADO

terça-feira, 3 de junho de 2014

@LUCASSALLES1: "QUERO ME ENTROSAR E FAZER BEM FEITO."

Lucas Salles quer se enturmar com os homens de preto / Divulgação/Band
Nessa segunda-feira, dia 02/06/2014, Lucas Salles estreiou no CQC e já mostrou um pouco de suas habilidades como novo homem de preto. Antes de participar do programa, ele revela que já conhecia dois integrantes do elenco.

"Conheci o Ronald Rios, mas acho que ele nem se lembra", conta. No entanto, ele acha que não foi muito marcante. "Foi muito rápido, acho que ele morava no Rio de Janeiro, perto de mim e a gente se esbarrou uma vez. Eu dei parabéns pelo CQC e acho que ele nem se lembra mais".

Além do repórter do Documento da Semana, Lucas também já teve a oportunidade de conversar com o líder da bancada. "Eu tinha doze anos quando conheci o Marcelo Tas. Estava fazendo uma peça infantil e ele estreiou a peça dele que era a história do Brasil com o Ernesto Varela", relembra.

"Com treze anos eu bati na porta do camarim dele pela primeira vez e lembrei dele pelo 'porque sim não é resposta'. Depois eu fiquei conversando com ele todos os dias, mas não sei se ele se lembra", complementa.

Mesmo que eles se lembrem, agora a rotina deles vai ser totalmente diferente e em breve, o novo integrante do CQC deve criar uma relação com os outros meninos do elenco.

"Sabe o Daniel na cova dos leões? Não que eles sejam leões do mal, mas eles são fod** e fazem isso há oito anos, então eles já sabem o que fazer e o que pensar", diz, sobre seu sentimento de ser novo no grupo.

Lucas espera se dar bem com eles. "O Daniel foi jogado na cova dos leões, só que ele ficou amigo deles, então eu espero ser o Daniel, entrosado, que se dê bem com todo mundo e que faça bem feito", conclui.
Postar um comentário