PARALISIA CEREBRAL, UM TABU A SER QUEBRADO

quarta-feira, 16 de abril de 2014

@GracianoNaty sobre CQC: "a maior realização profissional da minha vida".



Loira, bonita e inteligente, Naty Graciano entrou para o CQC nesta temporada e já chama a atenção do público, não só pela sua beleza, mas também por sua "cara de pau" quando faz entrevistas, principalmente com famosos.

Naty não esconde sua felicidade em ser uma das repórteres da atração da Band. Vinda da TV TEM, afiliada da Globo no interior de São Paulo, ela classifica o seu atual momento, em uma entrevista exclusiva para o NaTelinha: "É a maior realização profissional da minha vida".

Com a popularidade que o programa dá, Naty já sente o assédio do público: "Me param nos eventos para tirar elogiar, tirar foto".

Veja a conversa na íntegra:

Qual é a sua emoção de fazer parte de um programa como o CQC?

Naty Graciano - É a maior realização profissional da minha vida. Lutei muito para chegar onde estou, me sinto completamente feliz.

Como tem sido sua rotina desde que entrou na atração?

Naty Graciano  - Correria boa, sempre. Cada semana em um lugar, cada dia um horário.

Sua relação com os apresentadores, os outros repórteres, a produção, como tem sido?

Naty Graciano -  A equipe do CQC é muito jovem e divertida. Então, o clima é muito bom. Me sinto em casa.

Você tem acompanhado os elogios e críticas sobre a sua estreia? Como você as leva? Vai se aproveitar delas para mudar algo em sua abordagem nas reportagens?

Naty Graciano - Não tenho tempo de ler tudo mas, quando posso, claro que as vejo. Acho importante saber o que as pessoas pensam sobre o meu trabalho. Também já tenho o meu estilo de trabalhar, mas quero evoluir sempre.

Qual é o seu maior anseio no CQC? Onde quer chegar?



Naty Graciano - Quero que as pessoas curtam o que estou fazendo. Estou me dedicando ao máximo. Espero que vejam, assistam, compartilhem... (risos).  



Você, agora, faz parte de um programa de cunho político. Como vê o atual cenário da política brasileira?

Naty Graciano - Acredito que precisamos de mudanças promissoras. Temos que saber escolher e cobrar nossos políticos.



Você veio da TV TEM, afiliada da Globo no interior paulista. Como você começou sua carreira e como veio parar no CQC?

Naty Graciano - Comecei como repórter em uma web TV de viagens. Felizmente, em 2011, fiz um teste para repórter na TVTEM e rolou. Depois de 2 anos assumi a apresentação do programa. Depois, mandei meu material para a produção do CQC e participei da seleção. Foram várias etapas até a resposta final.... Eu consegui! (risos).

Já tem sentido a abordagem do público nas ruas e nas redes sociais?

Naty Graciano - Sim... Me param nos eventos para elogiar, tirar foto... Nas redes sociais também recebo várias mensagens. Adoro ler e responder quando possível. É tão bacana saber que as pessoas estão curtindo meu trabalho.

Como você se define como pessoa?

Naty Graciano - Sou uma mulher batalhadora, dedicada, que não desperdiça as chances que a vida dá!

Postar um comentário